Travessa Fidele Érgilis Sana - Gildo, 41, Encantado, RS
(51) 3751-2255 •

NÚMEROS APRESENTADOS PELO COLAB SÃO REAVALIADOS APÓS CONTESTAÇÃO DOS COREDES

  22 de dezembro de 2021

O Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) enviou na segunda-feira, dia 20, junto com os demais Coredes do Estado, recursos contra a Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do RS contestando o resultado final da votação da Consulta Popular 2021, por não concordar com os números divulgados pelo Colab na última sexta-feira, dia 17.

Nesta terça, dia 21, a Secretaria, após reavaliar os números apresentados, encaminhou novos dados da votação. No material divulgado, a pasta alterou o formato de validação dos cadastros dos participantes, considerando somente os CPFs válidos e retirando a validação do título eleitoral, que seria o documento que apresentou maior problema nos registros.

Com o ajuste, o projeto mais votado na região segue o “Cicloturismo”, que passou de 1.674 votos para 2.535. Já a região passou dos 2.615 votos para 3.638. Atingiram os 2% de votantes 19 municípios: Capitão, Colinas, Coqueiro Baixo, Doutor Ricardo, Encantado, Fazenda Vilanova, Ilópolis, Imigrante, Marques de Souza, Muçum, Pouso Novo, Progresso, Putinga, Relvado, Santa Clara do Sul, Sério, Travesseiro, Vespasiano Corrêa e Westfália.

O presidente do Codevat, Luciano Moresco, lamenta as dificuldades ocorridas no processo deste ano. “Tivemos um processo novo, todo on-line e, além do primeiro resultado apresentado que foi extremamente baixo, o funcionamento do aplicativo Colab, que estava mediando essa votação, apresentou muitos problemas. Várias pessoas não conseguiram finalizar seu voto”, comentou Moresco, agradecendo as pessoas que se mobilizaram para participar. “A Consulta Popular possibilita um ambiente democrático, que envolve a comunidade para a definição da aplicação de parte dos recursos do orçamento do Governo do Estado. Para o próximo ano será importante reavaliar esse processo”, afirmou.

No Vale do Taquari, o projeto mais votado “Cicloturismo” será contemplado no orçamento do Governo do Estado, em 2022, com R$ 942.857,00.

Entenda o questionamento do Codevat

O Codevat e demais Coredes do Estado encaminharam recurso contra o primeiro resultado, pois não concordaram com o número de votos apresentado. O principal questionamento da entidade era em relação à diferença de 910 votos entre o resultado prévio, divulgado na quarta-feira, dia 15, e o anúncio revelado na sexta-feira, dia 17. Na prévia, o Vale do Taquari alcançou 3.525 votos, enquanto que no oficial somou 2.615. O número representava uma diminuição de 26% de votantes.