Rua Avelino Tallini, 171, Lajeado, RS
(51) 3714-7023 •

População do Vale do Taquari define seu projeto na Consulta Popular

  10 de setembro de 2019   Imprensa/Codevat
No Vale do Taquari, após três dias de votação da Consulta Popular, participaram 16.418 eleitores — o que equivale a 6,6% dos possíveis votantes da região. A cidade com o maior número de votantes, proporcionalmente, foi Santa Clara do Sul, com 1.321 (16,32%). Ao fim da Consulta, Lajeado, a cidade com maior número eleitores (60.191), tinha 515 votos (0,86% do total).

O projeto mais votado e consequentemente aprovado nesta edição da Consulta Popular foi o do programa de uso, manejo e conservação do solo e da água na região (o de número 1 na cédula de votação).

Como o projeto previa que os 13 municípios que proporcionalmente mais votassem recebessem os recursos, o valor de R$ 628.571,43 oriundo do Governo do Estado em 2020 será dividido igualmente entre Santa Clara do Sul, Anta Gorda, Tabaí, Fazenda Vilanova, Arvorezinha, Capitão, Marques de Souza, Coqueiro Baixo, Progresso, Canudos do Vale, Nova Bréscia, Vespasiano Corrêa e Pouso Novo.

Cada uma destas gestões receberá R$ 48.351,65 no orçamento de 2020 para investimentos no programa de uso, manejo e conservação do solo e da água.

Confira o total de votos de cada um dos 13 municípios
Municípios — Total de votos do projeto % eleitores
Santa Clara do Sul 1.321 16,32%
Anta Gorda 1.071 13,23%
Tabaí 863 10,66%
Fazenda Vilanova 756 9,34%
Arvorezinha 730 9,02%
Capitão 595 7,35%
Marques de Souza 533 6,58%
Coqueiro Baixo 364 4,49%
Progresso 287 3,54%
Canudos do Vale 229 2,82%
Nova Bréscia 228 2,81%
Vespasiano Corrêa 213 2,63%
Pouso Novo 118 1,45%

Os projetos na pauta regional
O projeto 1 – Programa de uso, manejo e conservação do solo e da água recebeu 8.091 votos

O projeto 2 – Fortalecimento das cadeias produtivas da erva-mate, piscicultura, apicultura e hortigranjeiros do Vale do Taquari recebeu 1.076 votos

O projeto 3 - Fortalecer e ampliar os atrativos turísticos regionais do Vale do Taquari recebeu 7.140 votos

Processo positivo
A presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari, Cintia Agostini, avalia a participação da população regional como positiva, em razão das circunstâncias especiais de realização desta edição da Consulta Popular.

“O resultado de 6,6% é muito bom. É superior ao que imaginávamos. Não tivemos um tempo hábil ideal, foram retiradas áreas estratégicas como a Saúde e a Segurança, o valor votado neste ano foi menor”, pontua ela, sobre as condições específicas deste processo.

“Sabíamos que qualquer um dos projetos que fosse contemplado seria um investimento muito bom do valor. Nesse caso, no projeto que foi o escolhido, 13 municípios serão beneficiados. Cada um deles ganha R$ 48 mil e, no convênio, o município investe outros R$ 10 mil. O que acontece é serão aí R$ 58 mil reais para investir em um programa de manejo do solo”, revela.

“Quer dizer praticamente 100 propriedades por município, num total de quase 1,3 mil propriedades contempladas na região. Isso vai aumentar a qualidade dos produtos ofertados ao mercado e a competitividade dos produtores”.

A presidente do Codevat finaliza a fala agradecendo. “ A todas as áreas se mobilizaram, fica o nosso agradecimento. Vencemos mais esse processo. Saímos satisfeitos apesar das circunstâncias e dos contratempos”.

A Consulta Popular
Na edição de 2019 foram computados, conforme a Secretaria de Governança e Gestão Estratégica (SGGE), órgão responsável pela organização da Consulta Popular, 253.832 votos. O Governo disponibilizou para a Consulta R$ 20 milhões do orçamento de 2020, para todos os 28 Conselhos de Desenvolvimento (Coredes). Os projetos eleitos por cada área são acompanhados pela SGGE.